1/5
Buscar
  • faculdadersa

Abertura da XVI Semana Cientifica discute sobre Transformação do Direito no mundo Pós-Pandemia

Por: Maria Dagmar- acadêmica de Jornalismo


Na noite da última quarta-feira (01), a palestra de abertura da XVI Semana de Iniciação Cientifica da Faculdade R.Sá teve como tema “Transformação do Direito no mundo pós-pandemia’’, ministrada pela Dra. Gina Vidal. Nesse ano o evento está acontecendo de forma presencial. Durante a palestra, Gina Vidal abordou várias temáticas, entre elas o Direito Social, O Estado de Direito Democrático e os 17 objetivos de Desenvolvimento Sustentável no Brasil.


Segundo a palestrante, é importante discutir sobre a temática porque ela vai nos dar uma visão diferente de mundo, tanto para os alunos de graduação como para os de pós-graduação e mestrado, além de abranger também outros cursos da instituição. “ Precisamos nos reinventar e pensar quais são os nossos valores e como é que a gente pode contribuir para o desenvolvimento local, principalmente neste momento de pós-pandemia. É importante pensar também não no que o Estado pode fazer por mim mais o que nós, como cidadãos, podemos fazer pelo o Estado, não o que eu posso esperar do outro, mais o que eu posso fazer pelo o outro”, explicou.


No decorrer da palestra, Gina também falou sobre as capacidades humanas central, onde ela exemplifica: “ Seria um erro escolher apenas uma das capacidades, pois todas estão interligadas, o homem é plural, a mulher é plural e estas virtudes constituem a dignidade humana. Saúde, educação, lazer e liberdade vem das capacidades de exercer seus direitos”, concluiu Gina Pompeu.


Roberta Mara, Vice- Diretora da Faculdade R.Sá, falou sobre a importância de abordar a temática do evento. Segundo Mara, este é um momento de socialização, de troca de conhecimento. “Temos como objetivo, mostrar e apresentar as pesquisas produzidas e desenvolvidas pelos os acadêmicos ao longo do semestre”, pontuou.


De acordo com a Vice - Diretora é importante também porque no decorrer destes três dias será trabalhado duas coisas: a razão e a sensibilidade. Uma coisa era o que a sociedade estava vivendo de fato, com reclusa e distanciamento. Outra é voltar de forma presencial. Por isso, se faz necessário discutir esses assuntos que abordam a saúde como um todo, principalmente a dos jovens. ‘’É aqui onde entra a questão tecnológica em si, foi muito bom, porém a automação em si precisa ter um limite humano, ela não pode interferir na convivência humana, as pessoas precisam se encontrar, conversar, não ser refém da tecnologia, porque no fim das contas isso adoece a pessoa mentalmente”, concluiu.


Em relação as expectativas do evento, Roberta Mara falou que já superaram, uma vez que tinham receios de como seria o evento, voltar a receber os alunos de forma presencial depois de dois anos. ‘’ Uma coisa é os alunos chegaram e irem para as suas salas, outra é ver todo mundo reunido, sem falar que ainda tínhamos algumas limitações em relação a isso, então é muito bom estarmos aqui juntos novamente e voltando a normalidade aos poucos”, destacou Roberta.


Para a aluna Tainara Santos, acadêmica do curso de direito, é extremante importante para os alunos da instituição falar sobre o tema porque depois de tudo o que passaram, é necessário ter um acalento, e isso vem justamente do conhecimento que os acadêmicos adquirem na faculdade. Segundo a discente, a Faculdade R.Sá está de parabéns por proporcionar esse debate para os acadêmicos como um todo.


Confira mais fotos aqui


113 visualizações0 comentário

© 2006 - 2020 Faculdade R. Sá - Todos os direitos reservados.

Desenvolvedor Web