1/5
Buscar
  • faculdadersa

Encerramento da XVI Semana Científica contou com premiações de artigos e discursões acerca da saúde

Por: Rawena Sousa, acadêmica de Jornalismo


O encerramento da XVI Semana de Iniciação Cientifica da Faculdade R.Sá, realizado na última sexta-feira (03), contou com a premiação de artigos acadêmicos apresentados por alunos de todos os cursos da Instituição. Os ganhadores receberam uma menção honrosa e o valor de R$2.600,00 ao todo. Contabilizando R$200,00 para cada grupo escolhido.


Dando continuidade à programação, a palestra da noite trouxe como tema “Pobreza e suas implicações psicossociais: dimensão cultural, social, médica, psicológica e política para o cuidado em saúde mental", ministrada pelo Doutor Guilherme Augusto Souza Prado.


Para o professor Guilherme, debater sobre a pobreza e suas implicações psicossociais é muito importante, não só para a psicologia, mas para outros cursos, como serviço social, pedagogia, fisioterapia. “A gente vive em um país muito desigual e lamentavelmente ainda mais desigual nos últimos tempos. Então, a psicologia enquanto ciência e profissão, da própria maneira como ela vem se constituindo, não só no Brasil, mas a nível mundo, se constituiu enquanto um compromisso de classe, né? As classes um pouco mais abastadas. Então a figura mais clássica que a gente tem do psicólogo no seu consultório privado, no exercício liberal da profissão, é uma figura que hoje não corresponde a locação profissional dos psicólogos no Brasil. A gente tem psicólogos na assistência social, na saúde, nas escolas. Então assim debater pobreza é debater como que a psicologia se insere na sociedade como um todo. E sobretudo no interior do país onde as condições de vida são radicalmente diferentes do que nos grandes centros”, pontuou.


Além disso, Guilherme alerta sobre o momento em que se deve buscar ajuda psicológica adequada. “É quando o fato de que estamos sofrendo tá fazendo a gente sofrer, porque sofrer é da vida, todos nós vamos lidar com perdas, vamos lidar com problemas cotidianos, vamos lidar com estresse. Então, a partir do momento em que a gente tem dificuldade pra poder tocar a nossa vida, é bom a gente procurar um profissional”, informou.


O acadêmico do segundo período do curso de Administração, Alexandre Dantas, explica como tem sido a experiência em participar de um evento tão importante para a comunidade acadêmica da Região. “Tem sido gratificante e eu percebo que a gente consegue absorver muito conteúdo, que as palestras são todas participativas e que eles trazem conteúdos que abordam a atualidade aqui no nosso contexto escolar e acadêmico”, afirmou.


De acordo com o Coordenador do curso de Administração da Faculdade RSá, Francisco Antônio de Carvalho, a volta presencial da Semana Científica, depois de dois anos de pandemia, é muito gratificante. O professor aborda ainda sobre o público-alvo do evento. “É algo que é voltado não só para estudantes, mas também pra profissionais, pesquisadores, docentes, pessoas que pesquisam, que fazem parte de grupos de Pós-Graduação, de Mestrado, de Doutorado, de Pós-Doutorado. Então, é um evento que é muito esperado, não é à toa que é o evento mais esperado cientificamente da macrorregião de Picos”, destacou.


Antônio explica que, por ser um evento de três dias, a preparação começa ainda no mês de março. Já que são convidados palestrantes renomados nacionalmente. Além de serem ofertados minicursos que agregam na formação acadêmica dos estudantes, há também apresentações de trabalhos, desenvolvidos por docentes e alunos, não só da IERSA mas de outras Instituições de ensino. “Eu tenho certeza que todos os profissionais que participam da semana científica da Faculdade eles saem melhores profissionais, porque o conteúdo que é repassado aqui, os minicursos, as palestras, as menções, é algo que realmente transforma e transforma para melhor”, finalizou o coordenador.



Confira mais fotos aqui

68 visualizações0 comentário

© 2006 - 2020 Faculdade R. Sá - Todos os direitos reservados.

Desenvolvedor Web